26
Junho
2018
0

"Toda nudez será castigada"


Criado: 26 Junho 2018 | Atualizado: 26 Junho 2018

Sou um menino que vê o amor pelo buraco da fechadura.
Sou (e sempre fui) um anjo pornográfico. (Nelson Rodrigues)

09
Agosto
2017
0

Paradise Now


Criado: 09 Agosto 2017 | Atualizado: 09 Agosto 2017
Filme de Hany Abu-Assad, 2005, Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro, primeiro filme palestino indicado ao Oscar
Comentários de Geraldino Alves Ferreira Netto
09
Agosto
2017
0

Clara Schumann - O Filme


Criado: 09 Agosto 2017 | Atualizado: 09 Agosto 2017
Direção: Helma Sanders - Brahms
Comentários de Mauro Bilharinho Naves
18
Maio
2017
0

Persona, ou Quando duas mulheres pecam (1965)


Criado: 18 Maio 2017 | Atualizado: 24 Novembro 2017
Por Geraldino Alves Ferreira Netto
19
Janeiro
2017
0

Lançamento do livro: WIM WENDERS: PSICANÁLISE E CINEMA


Criado: 19 Janeiro 2017 | Atualizado: 19 Janeiro 2017
Com a presença do autor Geraldino Alves Ferreira Netto, no dia 28 de janeiro, das 17 às 21 hs, na Rua Dr. Cesário Mota Junior, 296, Vila Buarque, em São Paulo
10
Janeiro
2017
0

Quando Nietzsche chorou


Criado: 10 Janeiro 2017 | Atualizado: 08 Fevereiro 2017
Por Antonio Muniz de Rezende
Psicanalista, Filósofo, Teólogo, Escritor e Professor Universitário da UNICAMP
05
Outubro
2016
0

Clinica social com adolescentes


Criado: 05 Outubro 2016 | Atualizado: 05 Outubro 2016
Por Alline Lins de Alencar
Psicóloga e Psicanalista
Coordenadora do Núcleo da Associação Livre em Goiânia
05
Agosto
2016
0

Cultura do Estupro


Criado: 05 Agosto 2016 | Atualizado: 07 Agosto 2016
Por Geraldino Alves Ferreira Netto
Texto apresentado no Café Lacaniano, na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi, no dia 23 julho de 2016
01
Agosto
2016
0

Tatuagem: uma escrita do inconsciente?


Criado: 01 Agosto 2016 | Atualizado: 01 Agosto 2016
Por Geraldino Alves Ferreira Netto
A história da tatuagem, da pintura corporal, dos piercings, não nos é contemporânea. Os povos ditos primitivos, que não usavam roupa, precisavam marcar sua diferença e identidade, com indicadores no corpo, com vários tipos de pintura, conforme iam para a guerra, para as festas ou comemorações, quando queriam disfarçar-se, mimetizar-se diante dos animais, para atraí-los na hora da caçada, bem como para marcar o pertencimento a determinada tribo. Além disso, incrustavam discos de madeira nos lábios ou orelhas, avolumando-os como sinal particular. Os xamãs vestiam peles de animais, incorporando um poder suposto e eficiente, que provinha da natureza.
25
Julho
2016
0

Lavoura Arcaica, uma visão de mundo atormentada e trágica


Criado: 25 Julho 2016 | Atualizado: 25 Julho 2016
Por Geraldino Alves Ferreira Netto - Psicanalista
Grupo de estudos ‘Cinema e psicanálise’